Veja a luz


Aprender a identificar a luz de uma cena é importantíssimo. Alguns pintores como Monet tinham isso bem claro em mente. Os impressionistas em geral, buscaram representar a sensação em detrimento do objeto. Veja como a luz é mostrada com tinta nestes 3 quadros:




Pensando em termos de observação para a fotografia:

A cor das coisas, por exemplo, é modificada pela luz incidente. E isso acontece cotidianamente diante de nós e mal nos damos conta. Por exemplo, se você estiver com uma camisa branca à beira de uma fogueira, a "cor da luz" (amarela) vinda do fogo tingirá sua camisa. Mas nosso cérebro é incrível e faz um excelente trabalho de "balanço de branco automático". Vemos a camisa amarelada, mas sabemos que a sua cor está alterada pela cor da luz.

Veja estas fotos feitas em um ambiente muito cheio de madeira. As cores ficam quentes porque a luz refletida na madeira torna-se mais amarelada e isso incide sobre as pessoas fotografadas. Uma maneira boa de ir criando essa percepção é olhar para elementos brancos (como a camisa dele, por exemplo).



Também o tamanho e forma das coisas iluminadas é alterado pela luz. Conforme a posição ou tamanho da área iluminada, podemos fazer uma pessoa ou ambiente parecer menor ou maior do que realmente é. Luzes mais laterais em um retrato tendem a criar uma ilusão de que a pessoa é mais estreita, mais magra. Por outro lado, luzes laterais destacam as texturas das superfícies (inclusive da pele). Num ambiente, quanto mais luz maior ele perece.

A luz também tem uma dimensão narrativa. Ela conduz o olhar. Nós temos a reação biológica e natural de olharmos primeiro para o que está iluminado. Então, quando fazemos uma foto com algumas áreas claras e outras bem escuras, é como se disséssemos para o observador: hei, olhe aqui primeiro!





Se você quer treinar a construção e percepção de luz de forma prática, entre em contato comigo e vamos marcar algumas aulas de iluminação. Veja também essa sessão do site.

Sabendo controlar e criar a luz desejada, as possibilidades fotográficas são enormes. Vale à pena dedicar-se a ver melhor a luz e a aprender criá-la conforme a sua intenção como fotógrafo. Veja alguns exemplos de imagens criadas em estúdio (em alguns casos na casa do cliente), utilizando flash:











fotografia de, fotografo de, fotógrafo de, casamentos, eventos sociais, festas, retratos, corporativos, gastronomia, arquitetura, e-commerce, Campinas, Valinhos, Vinhedo, Jundiai, Hortolandia, Sumare, Nova Odessa, Americana  

Escola de, curso de fotografia, aula de, aulas de, mentoria, orientação profissional, empreendedorismo, arte, criativos, criatividade

  • LinkedIn
  • instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Twitter
  • pinterest
  • Flickr
  • SoundCloud
  • medium
  • behance

Charbel Chaves Fotografia

Fotografia | Estúdio | Eventos | Cursos | Marketing

Campinas, SP