Qual a lente mais versátil que existe?

Essa é uma das perguntas que vez ou outra eu recebo. Qual a lente mais versátil que existe? Para se fotografar um pouco de tudo.


Bem, como muitos já devem saber, as lentes são dispositivos fabricados para determinados fins. Lentes macro focam bem de perto, grande-angulares são ótimas para paisagens e arquitetura, normais (50mm em FF) e lentes na faixa dos 85mm são excelentes para retratos e assim por diante. Mas existem situações em que vamos precisar de versatilidade em termos de distâncias focais, com qualidade e em um só lente. É o caso de eventos sociais ou viagens.


A faixa dos 24mm a 100mm geralmente abraça 90% das fotos que uma pessoa pode desejar fazer em situações de eventos sociais e/ou viagens. Então, em primeiro lugar podemos considerar que uma lente "que serve para quase tudo", não terá distância focal fixa. Vamos ficar no universo das lentes zoom, ou seja, que tem distância focal variável.


Os preços e as características de construção do corpo e aberturas pode variar bastante dentre as opções do mercado. Então vou dividir essas opções em 4 níveis, do mais simples e barato para o mais caro e sofisticado.


Primeiro nível: a lente do kit, geralmente uma 18-55mm f/3.5-5.6


As qualidades desta lente ficam no campo do preço. Ela é muito barata e por isso mesmo vem com a maioria das câmeras de entrada e intermediárias no mercado. Ela abrange uma faixa grande-angular (de 18mm a 35mm) o que é muito útil para paisagens, e uma faixa normal (de 35mm a 55mm) o que é muito útil para retratos. Os pontos negativos desta lente é a sua construção, que geralmente não é lá muito caprichada, mas eficiente. Não é selada contra chuva ou poeira. Geralmente tem seu corpo com muitas partes plásticas e não metálicas como as mais "tops". Outra característica desagradável (mas necessária para manter o preço baixo) é a sua abertura máxima variável conforme variamos a distância focal. Em 18mm, a abertura máxima desta lente é f/3.5. Em 55mm, a abertura máxima é f/5.6, o que para muitos fotógrafos que gostam daqueles desfoques de fundo, bem pronunciados em retratos, é pouco. Mas o objetivo desta lente é ser barata.


Segundo nível: 18-200mm f/3.5-5.6


Esta é uma lente parecida com a do kit no quesito abertura. Em 18mm a sua maior abertura é f/3.5, em 200mm fica em f/5.6. O zoom maior já algo bem interessante para viagens. e mesmo que você considere essa lente escura, na maioria das situações de viagens, estamos fotografando de dia e ao ar livre. Outro avanço em relação à lente 18-55mm é que em 200mm com uma abertura f/5.6, o desfoque de fundo ficará mais evidente e bonito. Ela também é um pouco mais cara que a lente do kit, mas a diferença de preço compensa a meu ver. Zoom maior, desfoque de fundo maior em 200 e por fim a construção do corpo desta lente é mais caprichada que a 18-55mm. A Nikon, a Canon e a Sigma fabricam esse modelo.




Terceiro nível: 24-120mm f/4 e 24-105mm f/4


A Nikon fabrica uma 24-120mm f/4 que eu considero uma jóia. É uma lente com um zoom excelente para filmagens com DSLR, viagens, documentários, eventos (especialmente se você usa flash). A Canon tem uma opção bem próxima que é a 24-105mm f/4. Ambas tem uma nitidez excelente e são muito bem construídas. O que muita gente torce o nariz é a abertura f/4. Mas eu avalio que para quem sabe usar bem o flash e/ou trabalha em boas condições de luz, são uma excelente opção, uma excelente relação custo benefício. Outro detalhe é que a abertura máxima é f/4, tanto em 24mm quanto em 120mm (no caso da Nikon) e 105mm (no caso da Canon). Além disso a construção da lente é bem caprichada em ambas as marcas.





Quarto nível: 24-70mm f/2.8


A Nikon, a Canon, a Sigma e outras dispõe deste modelo. Não são baratas. Mas é aquele tipo de projeto maduro, muito testado e aprovado por quem trabalhar "hard" especialmente em eventos sociais. Construção excelente, faixa de zoom muito versátil e abertura máxima constante em f/2.8. Os "defeitos" são: preço e peso. Outro detalhe a se considerar é que se você possui uma câmera APS, as distâncias focais resultantes serão aproximadamente 35-105mm, o que dependendo do seu tipo de trabalho/abordagem, pode ser uma vantagem.





Conclusão


Apesar de a 24-70mm ser uma "quase unanimidade", eu ainda gosto mais da 24-120mm f/4. Tive uma dessa por 2 anos usada em conjunto com uma Nikon D750 e foi excelente para o meu trabalho. A relação custo benefício é boa, o peso é bem aceitável, a nitidez é ótima e durabilidade também. Quanto ao "super desfoque de fundo para retratos", eu sempre tive alguma outra lente com abertura maior e distância focal fixa para esse fim, como a 50mm f/1.4 e a 85mm f/1.4. Em termos de versatilidade, a 24-120mm ganha essa discussão, na minha opinião.

fotografia de, fotografo de, fotógrafo de, casamentos, eventos sociais, festas, retratos, corporativos, gastronomia, arquitetura, e-commerce, Campinas, Valinhos, Vinhedo, Jundiai, Hortolandia, Sumare, Nova Odessa, Americana  

Escola de, curso de fotografia, aula de, aulas de, mentoria, orientação profissional, empreendedorismo, arte, criativos, criatividade

  • LinkedIn
  • instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Twitter
  • pinterest
  • Flickr
  • SoundCloud
  • medium
  • behance

Charbel Chaves Fotografia

Fotografia | Estúdio | Eventos | Cursos | Marketing

Campinas, SP

CNPJ 33.337.161/0001-24