Fotografia e legado pessoal

Por Melissa Gibin


Em tempos de fácil acesso à fotografia e a câmeras fotográficas portáteis, experimentamos atualmente um novo "evento" na produção e registro de memórias afetivas: a incontinência fotográfica. Segundo matéria da Nexo Jornal publicada em 2017,  "tal facilidade proporcionou uma explosão da fotografia pessoal. Em 2017, de acordo com a empresa de pesquisas InfoTrends, cerca de 1,3 trilhão de fotos digitais seriam tiradas em todo o mundo". E que impacto isso causa na construção de nosso acervo pessoal? Vamos pensar juntos! Você tira muitas fotos? Por que? Que escolhas te movem a este ato? O que você faz com as fotos que tira? O que gostaria de fazer? Qual sentido de uma foto que não é vista, não está acessível ou não é compartilhada? Outra pesquisa, da BBC, em 2015, relatava que o ato de fotografar divide a atenção dos sujeitos e tal ato em excesso poderia prejudicar a memória. Ainda, para psicólogos, a câmera digital passou a ser encarada como uma muleta da memória, um "drive externo" e nos leva a entender que, a menos que você seja um profissional, limitar a quantidade de cliques e ser mais seletivo, é necessário para ter mais benefícios e menos prejuízos em relação a memória. E o que isso tem a ver com legado? Bem, legado significa, neste contexto em que o estamos abordando: herança, donativo, presente. O que podemos e queremos deixar a futuras gerações. Este tema, pouco cuidado e planejado no âmbito pessoal da maioria das pessoas e famílias brasileiras, merece atenção! Atenção queridos, o que temos escolhido registrar e para quem deixamos registros? Qual valor afetivo creditamos a história de nossos filhos, parentes, pessoas amadas? Se um dia você vier a faltar a alguém que se importa com você, como sua história poderá ser contada? Narrar sua história, desafios, conquistas, é algo possível e enriquecedor para cada um de nós e para cada "outro". Tornar visível seu olhar para vida é compartilhar amor, conhecimento, aprendizado. Pense nisso! Construa seu legado pessoal! Viva suas melhores memórias!

Links:


https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/09/150910_vert_fut_fotos_exagero_ml https://www.nexojornal.com.br/servico/2017/03/07/O-que-fazer-com-as-suas-milhares-de-fotos-digitais


A autora:


Melissa Gibin é Personal Photo Organizer. Trabalha com curadoria, organização e exposição de acervos fotográficos. Você pode contacta-la pelo email Melissa.gibin@gmail.com

fotografia de, fotografo de, fotógrafo de, casamentos, eventos sociais, festas, retratos, corporativos, gastronomia, arquitetura, e-commerce, Campinas, Valinhos, Vinhedo, Jundiai, Hortolandia, Sumare, Nova Odessa, Americana  

Escola de, curso de fotografia, aula de, aulas de, mentoria, orientação profissional, empreendedorismo, arte, criativos, criatividade

  • LinkedIn
  • instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Twitter
  • pinterest
  • Flickr
  • SoundCloud
  • medium
  • behance

Charbel Chaves Fotografia

Fotografia | Estúdio | Eventos | Cursos | Marketing

Campinas, SP

CNPJ 33.337.161/0001-24