Construindo o passado em 2020


Eu já disse aqui que a fotografia sempre trabalha com o passado, não com o presente. Quando você vê uma cena e decide apertar o botão, a cena já se foi em certa medida. Além disso, tudo o que fotografamos já está neste "mundo passado". Nossa matéria-prima é o tempo que escapa e lutamos (ou nos divertimos!) com esse escape como fotógrafos. Quando viramos de um ano para outro, é comum (e até certo ponto bem saudável) fazermos planos, olharmos para frente com esperança (ou medo, quem sabe) e olharmos para trás com uma certa régua que mede nossos passos e decisões tomadas. Eu já me arrependi muito de coisas que fiz, mas também me arrependi de coisas que não fiz. É a vida.


Como todo fotógrafo, eu aprendi logo que o tempo é "imparável"! Só o que eu posso fazer é estar atento para o que vem. Posso treinar para roubar um instante e de tanto praticar isso, acabo por ficar preciso. Quando estou (estamos) com a câmera não mão, somos um pouco snipers. Olhamos, aguardamos, respiramos um pouco mais lento e, se houver oportunidade, puxamos o gatilho. Registramos pra sempre um instante. Uma foto é um caco de tempo escolhido. Isso não deveria nunca ser feito levianamente. Pense bem onde aponta as suas lentes e, por de trás desse onde, podemos pensar num porquê. O que me atrai, o que chama a minha atenção e porquê?! Isso deveria te atormentar a cada foto. Me atormenta.


Quando olhamos para uma certa massa de fotos produzidas em 1 anos, podemos identificar claramente alguns temas que nos fisgaram mais. Não aqueles que foram encomendados (casamentos, festas de aniversário, produtos...) mas aqueles temas que aparecem sem nos darmos muito conta disso: olhares, o tempo, o vazio, a simplicidade, a delicadeza... coisa que estão nas coisas. Sempre que identifico algo assim na minha produção, fico escavando em mim: o que me faz registrar isso?


Em 2020 teremos, se Deus permitir, mais 366 dias desses porquês, dessas questões que podem parecer bobagem pra muita gente, mas que eu sei depois de uns bons anos de carreira que são importantes. Não desperdice nenhum desses dias, nenhuma dessas questões. Não aperte o botão para qualquer vista. Saiba que a única coisa que realmente estamos construindo é o passado e o passado de nossas fotos falam muito de nós. Espero que em 2020 você e eu construamos um passado bom, correto e alegre. Mesmo que as situações ao nosso redor não sejam assim. Faça um favor a si mesmo e pra todos que te cercam: não corra atrás de um final sem arte e sem beleza. Construa um ótimo passado!


fotografia de, fotografo de, fotógrafo de, casamentos, eventos sociais, festas, retratos, corporativos, gastronomia, arquitetura, e-commerce, Campinas, Valinhos, Vinhedo, Jundiai, Hortolandia, Sumare, Nova Odessa, Americana  

Escola de, curso de fotografia, aula de, aulas de, mentoria, orientação profissional, empreendedorismo, arte, criativos, criatividade

  • LinkedIn
  • instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Twitter
  • pinterest
  • Flickr
  • SoundCloud
  • medium
  • behance

Charbel Chaves Fotografia

Fotografia | Estúdio | Eventos | Cursos | Marketing

Campinas, SP

CNPJ 33.337.161/0001-24