Blog

Conceitos básicos

Lightroom

Negócios

Linguagem

  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza
  • Pinterest - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza

Charbel Chaves Fotografia

Fotografia | Estúdio | Eventos | Cursos

Rua Valdemar Bertoldi, 420

Alvorada Parque - Paulínia, SP

+55 (19) 99756-3999

Cartões SD



Um cartão de memória tem várias especificações que devem ser compreendidas para que tenhamos segurança e precisão no uso dos equipamentos. Nossas fotografias e vídeos são armazenados neles, por isso vale à pena saber bem o que cada especificação significa. Existem muitos tipos de cartões, mas de maneira geral o cartão do tipo SD é o padrão do mercado fotográfico e de boa parte do mercado de filmagem. As câmeras fotográficas funcionam de maneira geral, sempre na mesma sequencia de transferência de dados: a lente “vê” a cena, e através do trabalho do diafragma (que controla a abertura) e do obturador (que controla o tempo) permite a chegada da luz até o sensor. O sensor é o dispositivo que transforma luz em sinais eletrônicos. O sensor está ligado a um conversor analógico-digital que transforma os sinais elétricos em números “zeros” e “uns” (código digital). Esse código digital é a linguagem de computador. O passo seguinte é armazenar o código digital (que representa a fotografia) em uma memória, o cartão SD. Bit Rate É a quantidade de dados numéricos digitais que podem ser transferidos para o cartão, por segundo, bits por segundo (bps ou b/s). 1 bit, é um "0" ou um "1" digital. É o menor elemento digital que existe. Esse é um parâmetro que vem inscrito no cartão SD. Classe Outra inscrição no cartão é a sua classe.

A classe representa um determinado bit rate mínimo:

Classe 2 : 2Mb/s Classe 4 : 4Mb/s Classe 6 : 6Mb/s Classe 10 : 10Mb/s UHS Classe 1 (U1) : 10Mb/s Ideal para filmagens em Full HD UHS Classe 3 (U3) : 30Mb/s Ideal para filmagem em 4k Obs.: UHS (Ultra High Speed), é o tipo mais rápido de cartões atualmente e pode chagar a velocidades de até 312 Mb/s. Na data desse post, o cartão mais rápido do mercado é o SanDisk Extreme PRO SDHC/SDXC UHS-II, que grava dados em 280Mb/s e lê dados em 250Mb/s. Esse cartão é capaz de atender qualquer demanda de vídeo atualmente. Capacidade Existem atualmente 3 categorias de capacidade: SD : Security Digital SDHC : Security Digital Hight Capacity SDXD : Security Digital Extra Capacity Atualmente o cartão de maior capacidade no mercado tem 1Gb. Quanto maior o tamanho dos arquivos gerados pela sua câmera (em megapixels) e quanto maior o formato dos arquivos (JPG ou RAW), menos fotos caberão no cartão. Arquivos RAW são bem maiores que JPG. Algumas pessoas fotografam em RAW+JPG, isso ocupa mais espaço ainda. Existem também quem queira muitas fotos em um único cartão e por isso fotografa em JPG. O JPG tem geralmente 3 tamanhos (e consequentemente 3 níveis de qualidade). Tudo isso pode ser escolhido na sua câmera. Eu, fotografo em RAW apenas. E uso cartões de 32Gb. Minhas câmeras são de 24Mpx. Para se ter uma idéia, cabe em média 1000 fotos em cada cartão com essas especificações. E o Micro SD? O micro SD é basicamente o mesmo dispositivo, mas menor fisicamente. Foi criado para uso em equipamentos como tablets, smartphones, câmeras de ação (como a GoPro). Geralmente eles são vendidos com um adaptador como este da foto. Este adaptador não é feito para ser usado na câmera, e sim para você transferir os dados do cartão para o seu notebook. O slot do seu computador é do tamanho de um cartão SD e é preciso usar o adaptador para acoplar o MicroSD. Mas para usar na sua câmera, use cartões SD, ou seja, sem adaptadores.


Cuidados A maioria das marcas de câmera no mercado têm lançado novos modelos com 2 slots de cartões SD. Esses dois slots podem funcionar de diversas maneiras: gravar fotos em um e vídeos em outro, JPG em um e RAW em outro, fazer backup de um no outro automaticamente ou utilizar o segundo quando o primeiro estiver cheio. Eu, pessoalmente gosto de usar o segundo slot como backup. Enquanto os arquivos estão no cartão SD, sem backup, temos a situação de maior risco. Por isso, assim que acabar sua sessão de fotos, seja ela em um evento, viagem ou estúdio, faça cópia em um HD externo. Os cartões SD são fisicamente bem frágeis e pequenos, fáceis de serem perdidos. Então evite guardá-los no bolso sem nenhum tipo de capinha ou proteção física. Também evite umidade ou calor excessivo. Não compre cartões SD em lojas suspeitas ou de duvidosa reputação. Não caia na cilada de comprar um cartão só porque ele está muito barato. A chance de ser um cartão falso, danificado, roubado ou adulterado é grande. Não arrisque. Image perder os seus arquivos de um evento por causa da baixa qualidade de um cartão!